Marketing

Tudo no marketing pode ser medido e acompanhado nos detalhes. Isso gera muitas possibilidades, mas também abre brecha para que qualquer profissional de marketing se confunda, até os mais experientes. E para ajudar no entendimento de todas as métricas e siglas, criamos este conteúdo abrangendo os principais KPI’s.

O uso de métricas no marketing digital é um importante aliado nas possibilidades de crescimento e otimização de uma empresa por permitir a mensuração de diferentes estratégias e guiar melhores resultados, seja no marketplace ou em outros canais de venda. Assim, ter soluções alinhadas com os indicadores certos para o seu negócio proporciona impactos reais para as campanhas de mídia e para aumentar as métricas do marketplace como um todo, caso você seja um parceiro da Americanas Marketplace.

Após o desenvolvimento de uma estratégia de mídia paga, é importante estar atento ao seu andamento, analisando sempre as métricas do resultado. Assim, você tem um controle do impacto que a campanha teve sobre o público e quais ações são viáveis ou não para aperfeiçoar o direcionamento das campanhas. 

Saiba quais são as principais métricas de desempenho para acompanhar no seu marketplace e os indicadores das campanhas de mídia paga na sua estratégia de marketing digital! Pois dar atenção às métricas erradas, pode ser tão perigoso quanto não acompanhar nenhum indicador. Fuja desse perigo e selecione seus KPI’s desde o início do planejamento.

 

o que são as métricas no marketing digital?


Para alcançar maior audiência e aumentar as chances de um resultado mais rápido, as empresas podem recorrer às mídias pagas, ou seja, pagar para promover seu negócio em plataformas e redes sociais com alcance mais amplo e o sucesso dessa ação é medido através das métricas.

As métricas são dados numéricos para quantificar comportamentos, tendências ou variações do negócio, permitindo mensurar e avaliar ações realizadas, como as de marketing, seja digital ou offline.

Métrica, no Marketing Digital, serve para mensurar resultados: o alcance, o engajamento, as vendas online, os cliques ou o aumento da lista da base de clientes da empresa.

Tudo depende do que vai se medir, de acordo com o planejamento e a estratégia da campanha e suas ações.

Pra exemplificar melhor, listamos aqui 3 diferentes tipos de métricas:

– Métricas de negócio
– Métricas de performance
– Métricas sociais

 

diferentes tipos de métricas no marketing digital


Dentre estas métricas apresentadas, é possível, por exemplo, que um grupo de métricas aponte resultados ruins, enquanto o outro apresenta bons números.

Você pode ter um bom desempenho no volume de interações nas redes sociais da sua empresa, mas não gerar leads suficientes para o seu time comercial. Isso indica que você deve ajustar alguns pontos da sua comunicação nesses canais.

As métricas de negócio, por hierarquia, tendem a ser as mais importantes. Mas isso não quer dizer que as outras sejam descartáveis, elas servem para basear o seu processo de ação e decisão.

 

métricas sociais

Muitas vezes essas métricas são negligenciadas e tratadas como métricas de vaidade, mas esses dados podem indicar coisas maiores do que somente ser interpretado como complemento das informações.

Veja as principais métricas sociais e entenda como usá-las da maneira certa:

 

– Alcance: o número de pessoas que visualizam o seu conteúdo.

O alcance diz respeito a quantas pessoas a sua marca alcança com cada publicação. Isso é determinado principalmente pelo seu número de fãs e seguidores.

Quanto maior a sua audiência, melhor. Mas é importante acompanhar o alcance para saber se ele redireciona tráfego suficiente para o seu site. Com isso, se torna mais fácil gerar os resultados de negócio que você deseja.

 

– Impressões: o número de vezes que seu conteúdo é exibido.

Uma impressão significa que o conteúdo foi entregue ao feed de alguém. Um visualizador não precisa se engajar com o post para que isso conte como uma impressão.

A impressão é semelhante ao alcance, porém, enquanto o primeiro só é contabilizado uma única vez, está métrica pode ser analisada mais de uma vez. Por exemplo, se um post foi visto duas vezes pela mesma pessoa, o número de impressões será duas e não uma.

 

– Engajamento: o número de pessoas que interagem com seu conteúdo

O engajamento está relacionado ao quanto os seguidores e fãs interagem com seus posts e mencionam a sua marca em suas próprias publicações.

As curtidas, compartilhamentos, comentários, menções e adesão de suas hashtags são todos bons indicativos do engajamento. Mas, lembre-se sempre de otimizar as ações e transformar engajamento em conversão.

Portanto, considere o engajamento como algo relevante, mas não como seu objetivo final.

 

métricas de performance

Aqui é quando você mede os resultados das suas campanhas. Daqui são extraídos os dados que ajudam a avaliar os resultados obtidos durante uma campanha e em testes de campanha. Através delas, é possível identificar pontos positivos e negativos dos anúncios e, assim, trabalhar em melhorias.

Veja as principais métricas de performance para saber como analisá-las da maneira certa:

– Leads gerados: número de conversões de visitantes em possíveis clientes

Os leads são pessoas que apresentam interesse em contratar um serviço ou obter um produto da sua empresa.

Eles visitaram o link final do seu anúncio porque se interessaram pelo produto ou conteúdo e ofereceram seu contato (telefone ou e-mail) em troca de algo – pode ser uma condição especial, material rico, pedido de teste, assinatura de newsletter etc.

A geração de leads é uma métrica importante, pois ela indica o número de pessoas com as quais é possível começar um relacionamento e, em determinado ponto, fazer uma oferta de venda.

– Taxa de conversão – número de quantas pessoas passaram de uma etapa do funil para outra

Conhecemos como taxa de conversão a ação que um lead conclui em seu site. E essa ação pode ser das mais variadas: a criação de uma conta, baixar um conteúdo, preencher um formulário, dentre outros.

A análise dessa métrica ajuda a entender o ponto alto de interação com sua marca ou produto e o que precisa ser ajustado para que mais pessoas conheçam seu negócio.

Uma taxa de conversão baixa pode ser o resultado de uma série de fatores como um design não atrativo, texto não persuasivo, ofertas pouco interessantes, usabilidade ruim e até mesmo a falta de um CTA chamando para a venda no final do conteúdo.

Para calcular a taxa de conversão, basta dividir o número de conversões pelo número de visitas ou contatos totais. Por exemplo, se em um mês seu site recebeu 10.000 visitas e teve 1.500 envios de formulário, então a taxa de conversão é de 15%.

– CPC (Custo por Clique) – custo que o anunciante paga por ação dos usuários

O CPC (Custo por Clique) é uma métrica extremamente importante em uma campanha de mídia.

Por meio dela, é possível mensurar o quanto está sendo investido para que cada pessoa chegue até sua página. Além disso, o CPC também ajuda a analisar qual versão dos anúncios possui melhores resultados e quais delas podem ser descartadas.

Para fazer esse cálculo, é preciso dividir o custo da campanha pelo número de cliques obtidos.

– CPL (Custo por Lead) – valor que o anunciante paga por cada lead adquirido

O objetivo de toda campanha de marketing passa por gerar leads qualificados pelo menos custo possível e depois trabalhar para que eles convertam para clientes de forma natural.

É exatamente este custo que é medido pelo CPL (Custo por Lead), uma das métricas de mídia de performance. Quanto maior é o gasto para converter um visitante, maior deve ser o retorno deste investimento. Se o seu CPL for baixo, significa que o trabalho está sendo bem feito!
Mas lembre-se: em um mercado com tanta concorrência, nutrir a relação entre empresa e consumidor é fundamental para atrair mais vendas e a fidelização desse cliente.

 

métricas de negócio

Sabemos que as métricas de negócio são consideradas as mais importantes, então é com elas que você deve gastar a maior parte do tempo dedicado à análise de resultados. Pois elas representam a efetividade do planejamento macro.

Separamos as mais importantes, para que você possa começar a analisar e ter insights para tomar decisões para o seu negócio:

– ROI (Retorno Sobre Investimento) – valor que indica a efetividade das campanhas

O Retorno Sobre Investimento (ROI) é uma das métricas mais importantes quando falamos em qualquer negócio, de todos os tamanhos.

Por meio dele, é possível identificar se a verba investida em uma ação tem gerado resultados positivos e como isso está impactando na empresa. Na prática, este KPI ajuda a identificar qual área da campanha está impulsionando as vendas e qual delas precisa ser adaptada.

Para medir o ROI é preciso calcular a receita de vendas dividida pelo investimento realizado. Se o resultado for menor que 1, significa que há prejuízo. No entanto, se o resultado for positivo e houver fundos disponíveis, o melhor cenário é aumentar esses investimentos.

– CAC (Custo por Aquisição de Cliente) – valor gasto para obter um novo cliente

O CAC (Custo por Aquisição de Cliente) é um cálculo um pouco mais complexo e deve incluir os investimentos em mídia e o salário das equipes de marketing e vendas, por exemplo.

Portanto, você deve somar todas estas despesas e comparar com o número de novos clientes em determinado período. Não deixe de ter esses números sempre em mãos para analisar se o caixa da empresa não está excedendo o valor direcionado para investir.

Mesmo que em alguns casos o número não seja exato, essa métrica ajuda a ter uma ideia se o gasto para obter determinado cliente não é maior do que o próprio consumidor gera de receita.

– Ticket médio – valor médio das suas vendas

O ticket médio representa uma média do valor que cada cliente gasta em seus produtos ou serviços.

Basicamente, é uma métrica que ajuda a entender o que está sendo mais rentável em seu catálogo, facilitando o ajuste de campanhas e ações no futuro.

Para calcular essa métrica, basta dividir o valor bruto do faturamento durante determinado período pelo número de clientes que gerou essa receita. O ideal é que esse resultado seja sempre o mais alto possível.

 

métricas de marketplace e a importância delas no seu negócio


Todas as métricas citadas acima podem e devem ser mensuradas para levantar análises das mais diversas camadas. Mas também existem métricas específicas para quem trabalha com vendas no marketplace.

Entender quais são as principais métricas para marketplace e como elas podem ajudar seu negócio a crescer é fundamental para quem está pensando em retenção e escalabilidade. Portanto, confira alguns números que precisam ser constantemente analisados na sua empresa!

– Desempenho por categoria

Se você trabalha com mais de uma categoria dentro de um marketplace, uma deve performar mais do que a outra e, consequentemente, gera mais faturamento e mais vendas do que as demais.

Por isso, saber o desempenho em cada canal de venda é fundamental para que você otimize o portfólio de produtos, oferecendo itens alinhados ao perfil de consumidor que acessa as vitrines.

Além disso, é com essa taxa de desempenho que você pode pensar em mudanças estruturais no desenvolvimento, distribuição e exposição dos produtos, pensando sempre na experiência do cliente.

– Itens mais vendidos

Saber quais são os produtos mais vendidos no seu site não é importante só para que você faça uma melhor reposição do seu estoque.

Este é um dado muito valioso para traçar estratégias, atrelar esse produto a outros que você quer que vendam mais e, até mesmo, conhecer mais ainda os consumidores.

Portanto, preste atenção nas categorias mais vendidas, nos produtos e nas opções que são favoritadas ou colocadas no carrinho com frequência para ter mais insights.

– GMV

O GMV é uma das métricas mais importantes para uma plataforma marketplace ou e-commerce. Com ele, você é capaz de medir a quantidade de transações em reais que ocorrem em um período específico de tempo dentro da sua plataforma.

Essa métrica é muito útil para mostrar para os outros o tamanho do seu negócio e quanto ele está movimentando em números. É importante lembrar que parte do GMV é a sua receita, ou seja, quanto de cada transação fica na sua empresa.

 

métricas de marketing digital, novas tecnologias e o metaverso

 

O metaverso é um espaço virtual compartilhado que busca simular a realidade por meio de dispositivos digitais como a Inteligência Artificial. Nele é possível criar a sua persona e viver uma realidade virtual paralela totalmente imersiva. Você pode ler mais sobre esta promessa de revolução da internet neste artigo.

As marcas têm entendido que o consumidor 5.0 é heavy user de internet e quer experimentar tudo o que há de novo no mercado. Por isso, muitas marcas têm apostado em garantir uma experiência mais imersiva aos seus clientes.

Neste novo cenário, todas as métricas já citadas neste artigo se aplicam ao metaverso, o que muda, de forma radical, é a utilização de avatares como influenciadores digitais. Através de personagens não humanos em 3D, também chamados de computer generated models, as marcas estão trabalhando cada vez mais produzindo conteúdos para redes sociais.

Isso permite uma experiência 100% controlada, pois os reais estão suscetíveis a cometer erros que podem expor a empresa, já com os influenciadores digitais, a experiência é 100% controlada.

Logo, estes personagens promovem conteúdo e mostram experiências que podem ser mensuradas como se fossem por influenciadores reais, e as métricas de marketing de influência devem ser levadas em conta.

Com todas essas métricas, você pode ter uma análise completa dos principais indicadores de desempenho para sair da tempestade e direcionar seu marketplace com confiança e para a direção certa.

Esperamos que a partir deste conteúdo você possa traçar quais são as métricas mais importantes para a sua realidade e começar a mensurar seus resultados para gerar insights e aumentar suas vendas no marketplace.

 

gostou do conteúdo?

Agora que você já conhece todas as vantagens de anunciar com o americanas advertising, é só preencher o formulário e aguardar o contato de um de nossos especialistas.

materiais gratuitos

assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo